domingo, 26 de abril de 2009

DILMA ROUSSEFF E O LINFOMA


O noticiário de ontem só falava do anúncio aos brasileiros sobre a doença que acometeu essa personalidade a Dilma, nossa chefe da casa civil, um LINFOMA.
É um câncer que acomete os vasos linfáticos e esses ajudam a combater infecções. A doença foi descoberta num estágio muito precoce ( estágio 1 a) que deixa nossa ministra com 90% de chances de cura. Faço uma pequena observação : o "ex" meu linfoma, rsss estava um (estágio 3 )e meu médico me deu ainda 80% de cura. Apesar de ter retirado o cancro ela a Dilma ainda vai passar por 6 ciclos de quimioterapia, como complementação do tratamento.
Como todos sabem e melhor quem passou pela quimio, cada organismo reage de uma forma bastante singular. Mas o que determina mesmo o tratamento do câncer é a maneira pela qual se encara que é diferente para cada paciente.
Ao anunciar Dilma afirma que vai continuar trabalhando, claro alternando períodos de descanço com períodos de trabalho. Mas tenho uma dica para ela, bastante liquidos, cuidados do período de baixa imunidade e fé.
Uma frase que Dilma disse na sua entrevista me marcou de uma forma bastante peculiar, " que ela vai enfrentar a doença, assim como muitos homens e mulheres anônimos enfrentam."
É isso ai Dilma !!! E é importante ressaltar que ela afirmou a importância da realização periódica de exames de rotina que acabam por descobrir precocemente a doença e aumentando a chance de cura.
Quero aproveitar a chamada para pedir aos nossos governantes atenção maior a saúde pública do nosso país que parece sempre estar recebendo "quimioterapia" e essa não é complementar.

2 comentários:

Renata (impermeável a) disse...

tambem gostei da postura da ministra.....

disse...

É ótimo esse caso ter aparecido ao público, pq agora informação é oq não vai faltar para todo mundo.Finalmente o Linfoma sai do desconhecido e passa a habitar as paginas de jornais e revistas.Mais pessoas vão saber que câncer pode atingir qualquer pessoa e quem sabe assim mais casos são diagnosticados com antecedência.
A ministra foi ótima em apresentar isso a publico e mostrar que o câncer está em nós pessoas.

um beijo